Cuidado com os Profissionais?! Precisa? Sim! Precisa!



        Vimos o final de semana que passou, dois relatos de atletas de boxe, que foram violentadas pelo professor, isso as vésperas do dia dedicado a estes profissionais em todos os níveis e matérias.

        A reportagem mostrou um professor “contratado” pelos irmãos Nogueira, Minotauro e Minotouro, que logo após chegar a público, o individuo acusado, disfarçado de professor foi demitido.


/
Clique e assista o vídeo do fantástico : https://globoplay.globo.com/v/7999549/ 














Como evitar isso?


1.        Procure ver a índole do seu professor, palavrões mesmo com atletas de alto rendimento não são justificáveis, agir assim só expõe a verdadeira  má índole do treinador.


2.         A escola deve ter um canal direto de reclamações com o proprietário da escola, agremiação ou associação. Este canal fará que o professor em questão seja imediatamente investigado e monitorado. E se confirmado demitido e expulso desta atividade.


3.       O aluno ou aluna não pode se amedrontar, o canal de comunicação deixará o aluno em segredo. DENUNCIE! Só assim os responsáveis poderão ficar sabendo. No caso dos irmãos Nogueira passou-se muito tempo até que se soubesse, e todo esse mal poderia ser evitado!


4.        Observe o comportamento de quem lhe dá aulas, verifique se fuma ou faz uso de drogas ilícitas, geralmente gente assim tem uma índole condizente com seus vícios.


Gente que subjuga seus alunos e alunas com palavrões disfarçados de incentivo é um predador, CUIDADO!



foto: Fantastico, do professor acusado de ter abusado das lutadoras







      

      Em nossa escola tem um canal de comunicação que o aluno pode usar pelo site em contato, ou também pelo e-mail montejj@bol.com.br : Assunto : Reclamação.


Um trabalho sério só pode ser desenvolvido com pessoas sérias, como diz o ditado, “ Quem se pega com merda acaba todo cagado ou no mínimo sai fedendo”. Tenha cuidado onde você treina, o barato pode sair caro.

Evite isso entrando em escolas sérias.

Visite e faça uma aula experimental.

Escrito por : Wellington Monte  - Faixa Preta 4º Grau.

Postar um comentário

0 Comentários