Mãe, para tirar o filho da depressão pelo Bullyng escolheu o jiu-jitsu para ensina-lo auto confiança.



O Jiu Jitsu devolveu a auto confiança ao meu filho, melhorou tudo,..

      Preservaremos na matéria os nomes e locais, mas é um bom exemplo, e quem sabe você e seu filho podem estar passando por isso. Segue a história:

     O filho tinha apenas cinco anos quando começou a sofrer bullying na escola. O menino, tímido e franzino, era vítima dos garotos maiores da turma. Ele não falava o que acontecia para os pais, mas a mãe, percebeu que havia algo errado com a criança.


     Ela descobriu as agressões, trocou o filho de escola e, anos depois, O filho ainda sofria com as lembranças daquela época. A solução da mãe foi adotar o jiu-jitsu para que o menino superasse os traumas. E a história teve um final feliz





Agressões na infância
     Segundo a mãe, O filho passou a apresentar um comportamento estranho e não queria ir para a escola de jeito nenhum. "Quando chegava à escola, ficava parado, com o olhinho arregalado e chorava", lembra. 

 A gota d’água foi um dia em que fui buscá-lo e ele não saiu com a turma. Comecei a procurar o meu filho. Fui dar uma volta na escola e ele estava caído no pátio. Ele estava quase apagado"

       Ela chegou a procurar a escola, mas não relataram nenhum problema com a criança. Mesmo assim, ficou desconfiada do comportamento do filho. 

      O coloquei no jiu-jtsu. Acho que era o que ele estava precisando", fala A mãe. "Quando minha mãe me propôs fazer aulas de lutas, achei muito legal, fiquei bem empolgado", confirma O filho. 

      Agora aos 13 anos, O filho também fala sobre o que passou: "Não sabia o que fazer. Nunca batia de volta. Era muito pequeno e não contava para meus pais porque eu ainda não entedia direito o que estava acontecendo".

    O mais importante não é lutar mas a postura que a criança aprende que rechaça qualquer sinalização que ela possa ser uma possível vítima, um comportamento firme e bem orientado aprendido dentro do Jiu  Jitsu.

    Hoje com ajuda do Jiu Jitsu, não só ele mas toda família, esta bem, fazer jiu jitsu em família, é um fator de fortaleza familiar, garanta uma vaga no PROJETO PEQUENO SAMURAI, clicando neste texto amarelo, e repasse essa riqueza a sua família, as turmas sempre tem 10 vagas gratuitas, inscreva-se quem sabe você consegue uma!

venha conosco.

Wellington Monte.

Postar um comentário

0 Comentários